Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, é preso em SP

De acordo com o Ministério Público, Queiroz movimentou R$ 1,2 milhão em sua conta de maneira considerada "atípica"

Fabrício Queiroz, ex-assessor e ex-motorista do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), foi preso em Atibaia, interior de São Paulo, na manhã desta quinta-feira (18).

A prisão foi feita na Operação Anjo, realizada pelo Ministério Público com apoio da Polícia Militar e da Civil. A ação cumpre ainda outras medidas cautelares autorizadas pela Justiça relacionadas ao inquérito que investiga a chamada ‘rachadinha’, em que servidores da Assembleia Legislativa do Estado (Alerj) devolveriam parte dos seus vencimentos ao então deputado estadual Flávio Bolsonaro.

Queiroz foi levado para unidade da Polícia Civil no Centro da capital paulista. De acordo com o Ministério Público, ele movimentou R$ 1,2 milhão em sua conta de maneira considerada “atípica”, segundo relatório do antigo Conselho de Atividades Financeiras (Coaf).

Redação
Redação Administrator
O Milênio