Estudo de vacina contra Covid-19 é suspenso após reação adversa em voluntário

Uma das pessoas voluntárias entre as que estavam se submetendo aos testes da vacina para Covid-19 desenvolvida em conjunto pela Universidade de Oxford e pela farmacêutica AstraZeneca, teve uma reação adversa e a empresa divulgou nesta terça-feira (8) que os testes foram suspensos temporariamente.

O Ministério da Saúde conta com essa vacina como principal aposta para imunizar os brasileiros. Ao todo, o Brasil prevê um gasto de R$ 1,9 bilhão com a vacina, sendo R$ 1,3 bilhão para pagamentos à farmacêutica, R$ 522,1 milhões para a produção da vacina na Fiocruz/Bio-Manguinhos e R$ 95,6 milhões para a absorção da tecnologia pela Fiocruz.

Também nesta terça-feira, o ministro-interino da saúde, Eduardo Pazuello, havia dito que que planeja uma campanha de vacinação contra a Covid-19 para janeiro de 2021.

Redação
Redação Administrator
O Milênio