Estudante de medicina de Campos faz campanha para continuar os estudos

Foto: Arquivo pessoal

Em meio à pandemia do novo coronavírus, a estudante do 3º período de medicina Layla Haddad busca uma maneira para conseguir se manter na faculdade que cursa em Campos. Com a meta de arrecadar R$ 35 mil reais, Layla criou uma vaquinha virtual e vende rifas.

A estudante explica que está em busca de um sonho, mas que a mãe está desempregada e ela tem uma dívida na faculdade que precisa ser quitada para ela conseguir chegar ao 4º período. Segundo a jovem, a dívida é de cerca de R$ 32 mil reais. Até o momento, a jovem arrecadou pouco mais de R$ 800 reais.

A estudante contou sobre a situação em uma rede social. ” Olá, pessoal. A minha história se parece com a de muitas pessoas por aí. Meu sonho sempre foi ser médica e mesmo sabendo que não tinha condições de arcar com o custo de uma faculdade particular, fui atrás do meu sonho. Passei em 4 faculdades particulares e decidi ir para a faculdade de Campos exatamente por ser minha única alternativa devido à bolsa, que consegui no 1° período, mas por questões burocráticas, infelizmente perdi no segundo. Para me rematricular no 3° período, precisei negociar a dívida referente ao segundo período e com a ajuda de muitas pessoas, consegui dar o valor inicial de R$13.891,78 e dei mais 6 cheques de R$5.402,36 que, infelizmente, não pude pagar por ser só eu e minha mãe, que está desempregada. Graças a Deus, eu consegui novamente a bolsa no terceiro período e obtive forças novamente para continuar. Então, se você que está lendo souber o que é ter um sonho, por favor, me ajude! Pode ser com qualquer quantia: centavos ou o que for possível, que eu serei eternamente grata! Podem dizer que é loucura, mas eu não desanimarei e se eu puder contar com a sua ajuda, terei mais forças ainda para continuar”, afirmou.

Para quem puder ajudar a Layla, também pode realizar transferência bancária através da seguinte conta: Banco Itaú, Ag.: 0463, Conta corrente: 88841-2

 

Redação
Redação Administrator
O Milênio