Esposa do prefeito de Campos procura a Deam após se sentir ofendida por Rodrigo Bacellar

A foto mostra Tassiana Oliveira no interior da delegacia #PraCegoVer

Tassiana Oliveira, esposa do prefeito de Campos, Wladimir Garotinho, foi até a sede da Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam), na noite desta segunda-feira (27), para prestar queixa contra o secretário estadual de Governo do Rio de Janeiro, Rodrigo Bacellar (SD), que fez uma declaração que foi repudiada por ela.

A primeira-dama procurou a Polícia Civil depois de se sentir ofendida ao ser citada em uma discussão que aconteceu nas redes sociais, entre Rodrigo e o prefeito de Campos. Na ocasião, Rodrigo fez uma provocação afirmando que o prefeito estava muito preocupado em criticar Rafael Diniz, o que poderia indicar uma insegurança matrimonial por parte de Wladimir e que Tassiana poderia trocá-lo por outra pessoa. “O ex-prefeito (Rafael Diniz) atualmente está casado e feliz, não representa o perigo que você imagina, não leva pro coração esse recalque! Devia se preocupar mais com o futuro político dela, pois se for mesmo pra Brasília como você planeja, as chances de você ser passado pra trás são bem maiores”, publicou Rodrigo Bacellar.

Também através das redes, Tassiana comentou a situação. “Após muita reflexão e oração, buscando entendimento sobre o ocorrido, decidi escrever essa nota. Sou mulher, sou filha e sou mãe e peço a Deus que abençoe a família do meu agressor, a sua mãe, a sua esposa e todas aquelas com quem ele convive para que nunca passem pelo constrangimento de serem agredias e afrontadas moralmente como eu fui. Por fim, peço a Primeira Dama do Estado, Analine Castro, mulher de família e de honra, que não permita o avanço desse comportamento por parte de integrantes do governo”, comentou.

Após prestar queixa na Deam, Tassiana não conversou a com a imprensa.

Redação Administrator
O Milênio

Comentários