Enel lidera ranking de reclamações no Procon de Campos

A Enel foi denunciada 2247 vezes apenas no ano de 2019

Foto: Arquivo

A Enel, concessionária responsável pelo fornecimento e distribuição de energia em alguns municípios do Estado do Rio de Janeiro, foi a empresa mais denunciada no Procon de Campos, no ano de 2019.

De acordo com dados do Procon, 2247 denúncias foram feitas contra a concessionária. Entre as reclamações, estão os constantes picos de energia, cortes de luz e outros problemas no sistema de fornecimento.

O levantamento também mostra que a segunda empresa mais denunciada teve 1362 registros, o que significa que a Enel teve quase 900 denúncias a mais. Os problemas de picos de energia acontecem em diferentes partes do município.

Henrique Lima é aposentado e mora na área central. Ele disse que já perdeu aparelhos ligados a energia após picos. “Eu perdi meu computador e minha máquina de lavar roupas depois que a luz caiu e voltou. Os dois aparelhos queimaram e não consegui mais utilizá-los. Os objetos só voltaram ao normal depois que chamei uma equipe técnica”, afirmou.

Procurada pela equipe de reportagem do jornal O Milênio, A Enel informou que mantém uma estrutura dedicada para atendimento a todas as reclamações feitas por meio do Órgão. Vale destacar que as solicitações recebidas correspondem a 0,8% do total de clientes na cidade. A empresa esclarece, ainda, que tem investido constantemente na melhoria da qualidade do fornecimento de energia de Campos e região. Apenas no último ano, a empresa investiu cerca de R$ 35 milhões na rede elétrica do interior fluminense, com ampliação e digitalização da rede elétrica, o que tem contribuído para a melhoria do serviço prestado aos clientes. A concessionária também esclareceu que a suspensão do fornecimento por inadimplência somente ocorre posteriormente à devida comunicação prévia ao cliente sobre o atraso no pagamento da fatura de energia elétrica.

Redação
Redação Administrator
O Milênio