Embarque em aeronave é cancelado por suspeita de coronavírus em Campos

Treze pessoas foram levadas a um hospital particular, onde passarão por exames

Foto: Arquivo

Um caso suspeito de coronavírus suspendeu o embarque de trabalhadores offshore em uma aeronave. A vítima, com sintomas da doença, e outras doze pessoas – que também podem ter sido infectadas – desembarcaram no Aeroporto Bartolomeu Lisandro, na manhã desta sexta-feira (13), e foram levados para um hospital particular de Campos.

Os pacientes vieram de uma plataforma e sentiam alguns sintomas da doença. Além desses casos, há uma outra pessoa que também pode estar com o vírus. Ela está internada em isolamento em outra unidade particular e aguarda o resultado dos exames.

Através de uma nota, a administração do Aeroporto Bartolomeu Lisandro informou que um voo offshore precisou ser cancelado depois que um passageiro que iria embarcar chegou ao local em uma van com sintomas semelhantes aos causados pelo novo coronavírus, que foram identificados por funcionários da empresa para qual ele trabalha.

Ainda de acordo com o posicionamento, o trabalhador com sintomas ficou isolado em uma sala e outros nove passageiros que tiveram contato com ele na van e nas salas de embarque e de briefing foram mantidos em outra dependência do aeroporto, assim como três funcionários de uma terceirizada, até que os 13 fossem encaminhados a um hospital particular pela empresa aérea. Após o episódio, as áreas por onde esses passageiros e funcionários estiveram passaram por procedimentos de higienização.

Redação Administrator
O Milênio

Comentários