Draga flutuante vai beneficiar mais de 400 pescadores de Campos e Quissamã

A previsão é que a máquina comece a funcionar na próxima semana

Foto: Supcom

Após esperar por mais de um ano, cerca de 400 pescadores de camarão de Farol de São Thomé, em Campos, e Barra do Furado, em Quissamã, serão beneficiados com draga flutuante para sucção de areia, enviada pela Petrobras à Colônia de Pescadores Z-19. A previsão é que ela comece a funcionar na próxima semana, na barra do Canal das Flechas.

A draga foi enviada pela Petrobras em fevereiro do ano passado, como compensação por impactos ambientais causados nas atividades pesqueiras em um de seus campos de produção de petróleo e gás. O objetivo é que
dragando a saída do canal para o mar, o acesso dos barcos fique livre, já que muitos já estavam sem ter como sair, devido à areia cumulada na barra pela corrente marinha. A máquina ainda não iniciou a operação porque está sendo ajustada a exigências ambientais.

– No Acordo de Cooperação Técnica para manter a balsa funcionando, a Prefeitura de Campos já enviou combustível e operadores para a máquina e a Prefeitura de Quissamã, responsável pela manutenção, está providenciando os últimos ajustes. O principal deles é a instalação de uma “cortina de bolhas”, para evitar que organismos marinhos, como peixes e tartarugas, sejam sugados e mortos – explica do assessor da Subsecretaria de Pesca de Campos, Arthur Caetano.

Redação
Redação Administrator
O Milênio