Covid-19: lei que determina multa para quem furar fila da vacinação é sancionada em Campos

Foi sancionada nesta segunda-feira (15) pelo prefeito de Campos, Wladimir Garotinho (PSD), a lei que prevê multa de 25 mil reais para quem furar a fila da vacinação contra a Covid-19 no município. Agentes políticos que descumprirem as regras de prioridade da vacina, terão que pagar o valor triplicado.

De acordo com a lei, que é de autoria do vereador Bruno Vianna (PSL), o dinheiro será destinado para a compra de novas doses do imunizante e insumos utilizados na vacinação. O Brasil já enfrenta dificuldades para dar celeridade ao processo de imunização, tendo milhares de denúncias de pessoas furando a fila, o que causa ainda mais atraso no combate à pandemia do novo coronavírus. 

– Considero hoje mais um dia histórico e de avanço para o fim dessa crise sanitária que estamos atravessando há mais de um ano. O calendário de vacinação é elaborado por autoridades de saúde, que estão se dedicando ao máximo para combater essa doença. Não há como um ato desse ter impunidade. A partir de agora, toda população pode e deve denunciar qualquer suspeita de pessoas furando a fila da vacina. Em nossas plataformas digitais, é possível realizar a denúncia, de forma totalmente anônima, para que possamos encaminhar ao Ministério Público – disse Bruno Vianna. 

Redação
Redação Administrator
O Milênio

Comentários