Corte de árvore com ipês amarelos em Campos gera críticas de moradores

O corte foi feito na tarde deste domingo (4) na Avenida José Alves de Azevedo (Beira-Valão)

Foto: Leitor/O Milênio

Uma árvore com ipês amarelos foi cortada na tarde deste domingo (4) na Avenida José Alves de Azevedo (Beira-Valão), no Centro de Campos. O corte gerou críticas por parte de alguns moradores da região que afirmaram que a árvore, da espécie Tabebuia, deixava a avenida mais bonita.

O comerciante Paulo Fonseca mora na Beira-Valão e afirma que os ipês farão falta. “Tenho uma loja que fica quase em frente ao local em que a árvore ficava. Ela estava um pouco inclinada, mas não dava sinais nítidos de que iria cair nos próximos dias. Os ipês são lindos e deixam os comerciantes e os clientes mais felizes. Além disso, não são todos os dias que nós podemos ver um cenário desse. Nós ficamos irritados com o corte e esperamos que outras árvores não tenham que passar pelo mesmo processo”, disse.

Em nota enviada ao jornal O Milênio, a Secretaria de Desenvolvimento Ambiental informou que o corte foi necessário e que outra plantação será feita no local. O engenheiro ambiental e membro da secretaria, Guilherme Marini, afirma que a árvore cresceu com morfologia irregular. “Ela já cresceu fora da conformidade e, atualmente, foi observado que a altura está inadequada para o local, e por isso, houve a necessidade de remoção”, afirmou.

Redação
Redação Administrator
O Milênio