Corpo de Bombeiros inicia nova edição do Projeto Botinho em Farol e Grussaí

No projeto, as crianças aprendem sobre as condições do mar e recebem dicas para evitar situações de risco

Foto: Corpo de Bombeiros

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro deu início, no último dia 20, a mais uma edição do Projeto Botinho. A colônia de férias de 2020 está sendo realizada em 25 praias de todo o estado. Na região Norte Fluminense, o 5º Grupamento de Bombeiro Militar coordena o projeto na praia de Farol de São Thomé, em Campos, e em São João da Barra, no Balneário de Grussaí.

Cada pólo da região conta com 100 crianças que são divididos em três turmas: Golfinho (7 a 10 anos), Moby Dick (11 a 14 anos) e Tubarão (15 a 17 anos). O projeto será realizado até o dia 31 de janeiro e em meio aos jogos e brincadeiras muita informação importante faz parte das atividades diárias. O objetivo é estimular a cultura de prevenção a acidentes marítimos por meio de atividades lúdicas e orientadas.

O projeto Botinho foi idealizado há mais de 50 anos e por meio de atividades orientadas, as crianças aprendem sobre as condições do mar e recebem dicas para evitar situações de risco. A garotada recebe noções de preservação do meio ambiente, orientações sobre as condições do mar, sobre primeiros socorros e dicas para evitar afogamentos. Além disso, entendem a importância da preservação do meio ambiente, noções de defesa civil e cidadania.

O comandante do 5ºGBM-Campos, tenente coronel Rodrigo Barcelos, conta que todos os anos a procura pelo projeto é sempre muito grande e as vagas esgotam rapidamente devido o interesse dos pais em colocar as crianças no projeto que trás além da diversão, conhecimentos e informação. “É muito gratificante ter essas crianças fazendo parte do projeto. Acreditamos que com a difusão das informações com os cuidados com o mar, o número de afogamentos possa ser cada vez menor”, ressaltou.

O comandante do Comando de Bombeiros de Área do Norte Noroeste Fluminense, coronel Leonardo Couri, acompanhou as atividades das turmas e parabenizou a criançada que está fazendo parte do projeto. “Vemos nos sorrisos a satisfação de estarem fazendo parte deste projeto. Com certeza é uma complementação para a cidadania e formação destas crianças”, complementou.

Redação
Redação Administrator
O Milênio

Comentários