Comércio não essencial é fechado em Conceição de Macabu

Foto: Arquivo

A Prefeitura de Conceição de Macabu publicou um novo decreto no Diário Oficial desta sexta-feira (05) com atualização das medidas de restrição durante o combate ao coronavírus. As determinações são válidas para os próximos quinze dias.

O documento proíbe o funcionamento de serviços não essenciais, como bares, restaurantes, academias e salões de beleza, por exemplo. Neste período, a Prefeitura aconselha a utilização dos pedidos na modalidade delivery.

O município encontra-se na bandeira vermelha com alto risco para a contaminação do vírus da Covid-19. Os casos na cidade tiveram um grande aumento e as restrições visam evitar um colapso na saúde. Só na última semana, quatro mortes foram confirmadas, o que preocupou as autoridades do município.

Além disso, as medidas mais duras foram necessárias também pela pequena quantidade de leitos de Terapia Intensiva disponíveis no município. Vale ressaltar que as UTI’s estão sendo reguladas pelo estado, podendo receber pacientes de diversas áreas do Rio.

O decreto determina que “servidores que exercem atividade de estado deverão atuar para manter o cumprimento […] do presente decreto, sendo certo que para tal fim poderão fotografar e filmar todos aqueles que descumprirem as medidas previstas nos artigos” e comunicar ao Ministério Público.

Em caso de recusa no cumprimento das determinações, serão adotadas medidas como aplicação de multas, encerramento das atividades, interdição do estabelecimento e até cassação do Alvará.

Leia o decreto na íntegra clicando aqui.

Redação
Redação Administrator
O Milênio

Comentários