Comércio de Campos tem boa expectativa de vendas para o Dia dos Pais

Foto: Arquivo/O Milênio

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Campos (CDL) tem boas expectativas para as vendas do Dia dos Pais. O comércio ficou com as lojas fechadas por mais de 100 dias e não teve lucros satisfatórios em datas comemorativas no primeiro semestre.

Segundo a CDL, o Dia dos Pais sempre representou um aumento expressivo nas vendas do segundo semestre do ano, iniciando as promoções de fim de ano como o Natal. “Será realmente um teste. O comércio praticamente não teve datas promocionais no primeiro semestre, como o Dia das Mães e dos Namorados, e ainda as festas juninas que não aconteceram. Neste período tudo estava fechado, exceto as compras por delivery. Mas com a flexibilização de agora, acreditamos sim que as vendas irão aumentar com o Dia dos Pais”, disse o presidente da CDL, José Francisco

O presidente acrescentou que o momento atual é um dia mais tristes da história das relações humanas e afetivas, com pais em quarentena distantes dos filhos. Então, para ele será uma data emotiva, onde os filhos vão ser criativos para um encontro com os pais. Assim, acredita que a grande maioria irá presentear seus pais. “Nesta pandemia estamos tirando muitas lições. Os pais, em sua maioria, na faixa etária do grupo de riscos estão isolados. Então esse Dia dos Pais vem com um simbolismo grande de emoção, muito além dos presentes. Mas presentear faz parte deste carinho. Digamos que essa data, este ano, vem com essa carga de emoção”, concluiu.

Para as entidades comerciais, entre os produtos que mais devem ser vendidos neste período, estão relógios, calçados e cordões.

Redação
Redação Administrator
O Milênio

Comentários