Com mais de mil casos suspeitos de Covid-19, Rio das Ostras não tem mais leitos disponíveis

Foto: ASCOM

A população de Rio das Ostras segue preocupada com a pandemia do coronavírus e com a lotação dos leitos da rede pública. A cidade, que já registrou 15 mortes provocadas pela Covid-19, tem apenas 21 leitos públicos especiais para o tratamento da doença. Ainda não há uma data definida para a entrega do hospital de campanha.

Entre os 21 leitos, apenas cinco são de UTI. Neste momento, não há camas especiais disponíveis para mais pacientes infectados pelo coronavírus. Nesta quinta-feira (21), mais uma morte foi registrada, uma idosa de 62 anos, chegando a 15 óbitos por consequência do vírus no município.

A prefeitura informou por meio de nota que aguarda a inauguração do hospital de campanha, que terá aproximadamente 30 leitos. O hospital começou a ser construído em abril, mas ainda não há previsão de inauguração porque a cidade aguarda a chegada de equipamentos. O número de pessoas com suspeita da doença já chegou a 1087. Já os casos confirmados são 210, sendo que 148 já estão recuperados.

Redação
Redação Administrator
O Milênio