Com mais de 200 infectados, profissionais da Saúde de Campos seguem em guerra contra o coronavírus

Daiane Lemos é técnica em enfermagem e conta a experiência de ter contraído a doença

Foto: Arquivo pessoal

O risco do novo coronavírus para a população está sendo amplamente divulgado no Brasil desde os primeiros casos da Covid-19 no país. Para quem está na linha de frente do combate à doença, o cuidado precisa ser redobrado e mesmo assim, segundo a prefeitura, até dia 3 de junho, 203 profissionais da saúde já se infectaram em Campos. No país esse número já chega a 31.790.

Mesmo com todas as prevenções, esses profissionais lidam diariamente com pacientes infectados e acabam contraindo a doença. No município são 10 mil profissionais atuando na área. Daiane Lemos, de 36 anos, que é técnica em enfermagem há 15 anos, contraiu a doença durante o trabalho, mas não precisou ficar internada. Ela explica como foi esse processo. “Nos primeiros sintomas eu comecei a perder o olfato, paladar, tosse e desconforto respiratório. Procurei o pronto atendimento e quando a médica disse que era suspeita de Covid-19, para mim foi o fim, porque uma coisa é você cuidar de vidas, outra é você ser o paciente. Ela pediu que eu me afastasse do trabalho, então eu fui para casa e fiz o isolamento por 15 dias para me tratar. Para mim foi muito difícil, mas recebi muito apoio de amigos e da minha família. No dia das mães eu ainda estava em isolamento e foi muito difícil para mim eu não poder dar nem um abraço na minha mãe”, disse.

O município totaliza 332 pessoas recuperadas da doença e Daiane faz parte deste grupo. Ela explica como foi o retorno ao trabalho. “Depois de sete dias que eu comecei a sentir os sintomas, fiz a coleta de swab e o resultado deu positivo. Após o período de isolamento, retornei as minhas atividades e continuei mantendo os mesmos cuidados que eu já tinha anteriormente e com o mesmo objetivo de continuar cuidando de vidas, que precisam muito da gente. Exerço a minha profissão com muito orgulho, porque fiz um juramento e é isso que eu amo fazer”, declarou.

Redação
Redação Administrator
O Milênio

Comentários