Campos, SJB, São Francisco e São Fidélis confirmam que não terão programação de réveillon

As prefeituras afirmaram que irão aumentar a fiscalização para evitar que festas com aglomerações sejam promovidas

Réveillon na Praia Farol de São Thomé em Campos - Foto: Arquivo

Devido à pandemia do coronavírus, inúmeras festas foram canceladas. A tradicional queima de fogos do réveillon de alguns municípios não irá acontecer em 2020. Campos, São João da Barra (SJB), São Francisco de Itabapoana e São Fidélis confirmaram ao jornal O Milênio que não terão programação de réveillon neste ano.

As prefeituras dos municípios citados também pretendem fazer fiscalizações para evitar que os moradores façam festas com aglomerações durante o período da passagem de ano.

Campos dos Goytacazes

Em Campos, a prefeitura informou que nenhum tipo de realização de evento está permitida, devido ao Nível 3 (Fase Amarela) do plano de combate à Covid-19. Para evitar que eventos ilegais sejam promovidos, as equipes de fiscalização estarão em locais como a praia Farol de São Thomé, que tende a reunir maior número de pessoas.

São João da Barra

A Prefeitura de SJB confirmou que não terá nenhuma programação de réveillon e nem mesmo de verão. A prefeitura informou que o momento é crítico e que o relevante é a vida. A nota diz ainda que os esforços estão concentrados na saúde e segurança da população e, diante disso, será intensificado o trabalho de fiscalização no comércio, bancos e diversos locais públicos visando conscientizar e saber se as normas da Vigilância Sanitária estão sendo cumpridas.

São Francisco de Itabapoana

Outro município que já descartou a programação de réveillon e até de verão é São Francisco de Itabapoana. A prefeitura informou que a realização de festas iria aumentar o número de casos de Covid-19. Ainda segundo a prefeitura, está sendo elaborado um decreto visando a alta temporada que será divulgado nos próximos dias, e irá falar sobre as medidas e fiscalização específicas para este período.

São Fidélis

A Prefeitura de São Fidélis também confirma que não realizará nenhuma programação de festa de final de ano e que também fará fiscalizações para evitar que eventos com aglomerações sejam promovidos.

Redação
Redação Administrator
O Milênio

Comentários