24 de julho de 2024 18:55
Logo jornal O Milênio

Campos: quarta edição do evento “Meia Noite no Museu” acontecerá na próxima semana

Fachada do Museu Histórico de Campos - Arquivo

O evento “Meia Noite no Museu 4” irá acontecer na próxima quarta-feira (1º de novembro) a partir das 20h, no Museu Histórico, localizado na Praça São Salvador, no Centro de Campos. Assim como as outras edições, a quarta edição conta com o apoio da Prefeitura de Campos, por meio da Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima (FCJOL). O público já pode retirar, na recepção do Museu, a pulseira de acesso ao evento, em troca de 1kg de alimento não-perecível. Os visitantes serão guiados pelos monitores do Museu numa visita aterrorizante nas salas do Museu, com a presença dos Vultos Campistas, interpretados pelos alunos do Curso Letras em Movimento. A organização do evento prometeu uma surpresa.

A temática deste ano será sobre “A Rua das Cabeças” e será exibido uma performance do crime célebre que marcou a história de Campos no tempo em que ainda era a Vila de São Salvador dos Campos dos Goytacazes.

O projeto “Meia Noite no Museu” traz a arte do terror, com o objetivo de produzir imagens fortes como sendo os “ícones” do oculto, em cenas que representam a realidade política, a história de escravização, o preconceito, a morte, a exclusão, como exercício de poder e exploração.

Para o Coordenador Artístico, Ator e Diretor, Guilherme Freytas, uma das finalidades do projeto é aproximar o público do Museu Histórico de Campos dos Goytacazes e despertar curiosidades de nossa história por meio da cultura do terror. “A temática do terror torna-se um ponto atrativo para o publico jovem e diferenciado, que não possui a cultura de visitar um Museu. Devido ao sucesso das três edições anteriores, com um público aproximado de 3 mil pessoas. Acreditamos no sucesso e na relevância deste projeto”, explicou Guilherme.

Graziela Escocard, Historiadora – Especialista em Literatura, Memória Cultural e Sociedade (IFF) e Coordenadora Geral do Museu, apontou que o tema do projeto é juntar história e entretenimento para repetir o sucesso das outras edições. ” Será, mais uma vez, o beijo na boca da história com a boca do público”, poetizou Graziela.

Ficha técnica:

Coordenação Geral: Graziela Escocard
Coordenação Artística: Guilherme Freytas
Coordenação Pedagógica: Rossini Reis
Preparação de Atores: Paulo Victor Santana
Preparação Corporal e Cultura Regional: Neusinha da Hora
Monitoria e Logística: Estagiários e Funcionários do Museu.
Patrocínio: Rádio Goitacá, DJ Romualdo Braga e Wellington Cordeiro.

plugins premium WordPress