Campos inicia barreira sanitária contra o coronavírus

A ação acontece no aeroporto e em outras regiões do município

A ação também acontece em Macaé

Agentes da Vigilância em Saúde de Campos, com apoio de policiais rodoviários estaduais e federais, iniciaram uma ação para criar uma barreira sanitária contra o coronavírus a partir desta quarta-feira (25) no Aeroporto Bartolomeu Lisandro e em outros pontos da cidade.

A medida foi revelada pelo prefeito Rafael Diniz nessa terça-feira (24). Ele afirmou que o objetivo é garantir mais segurança para a população. O político também expediu um ofício com uma recomendação à concessionária que atua no aeroporto para que não autorize pouso de aeronaves oriundas de plataformas de petróleo, cujos tripulantes estejam sob suspeita de coronavírus. O mesmo documento pede para que todo voo de desembarque de trabalhadores off shore no local seja comunicado à Prefeitura de Campos.

— É de competência da União abrir ou fechar aeroportos. O que a Prefeitura pode fazer está fazendo. Já notificamos à empresa para impedir o desembarque de passageiros com suspeita do novo coronavírus. Além disso, já comunicamos à Anvisa, que está em contato com a nossa Vigilância em Saúde e, ainda, a partir desta quarta-feira, faremos barreira sanitária no Aeroporto. Tudo para garantir mais segurança para nossa população — enfatiza o prefeito.

A ação também foi adotada no município de Macaé, onde há casos suspeitos de coronavírus, mas nenhum confirmado. Agentes conscientizam e orientam os motoristas e os ocupantes dos veículos.

Redação
Redação Administrator
O Milênio