Campos: caso da filha que matou o pai é registrado como legítima defesa e adolescente é liberada

Fachada da 134ª DP #PraCegoVer/ Foto: Arquivo

A adolescente de 15 anos que matou o pai com uma facada para defender a mãe de agressões na noite desta terça-feira (29) no bairro Novo Jockey, em Campos, foi liberada pela Polícia Civil depois de ter sido detida com a faca. O caso foi registrado como legítima defesa de terceiro.

Segundo a Polícia Civil, um inquérito foi aberto para apurar as circunstâncias do caso. Depoimentos já foram colhidos e estes confirmaram as versões da menina e da mãe, que disseram que o homem foi esfaqueado para impedir que a mulher fosse agredida com um machado. O machado e a faca ficaram apreendidos.

Outras testemunhas serão ouvidas e depois que a investigação for concluída, o caso será encaminhado ao Ministério Público.

Comentários