Campos: após acidente, grávida passa por três cirurgias, acorda do coma e se recupera

A jovem de 24 anos passou mais de um mês internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Ferreira Machado

A equipe médica que cuidou da paciente, fez questão de tirar uma foto com a moça - Foto: Divulgação

Uma história de superação surpreendente marcou as vidas de familiares de uma paciente e de profissionais do Hospital Ferreira Machado (HFM). A jovem de 24 anos, que estava grávida de 35 semanas, sofreu um acidente doméstico, ficou em coma e passou por três cirurgias: ortopédica, vascular e cesariana. A mulher se recuperou, está lúcida e em estado estável. O bebê nasceu e recebe tratamento médico.

Depois de 35 dias internada em Unidade de Tratamento Intensivo, foi transferida da UTI nessa terça-feira (7) para a Clínica Médica do próprio hospital. Esta terça-feira foi um dia especialmente feliz para a família, que comemorou a alta dela da UTI. “Só temos a agradecer ao Hospital Ferreira Machado”, disse a mãe. A vítima deu entrada no HFM no dia 2 de março, gravemente ferida, após uma queda que provocou fraturas nas pernas, com lesão vascular.

Os procedimentos cirúrgicos mobilizaram mais de 12 profissionais e duraram cerca de 12 horas. Após a cesariana realizada no HFM, o bebê, do sexo masculino, foi transferido para a UTI Neonatal do Hospital dos Plantadores de Cana. A mãe deve receber alta nos próximos dias. Uma das equipes multidisciplinares da UTI que cuidou da jovem por mais de um mês – médico, enfermeiras, técnicas de enfermagem, fisioterapeuta, psicóloga e terapeuta ocupacional – fez questão de registrar o momento da saída da paciente do setor. “Ela é uma vencedora, uma guerreira”, disse a coordenadora de enfermagem da UTI, Caroline Ferreira dos Santos.

Redação
Redação Administrator
O Milênio

Comentários