Campos adia retorno das aulas presenciais e adota novas medidas de restrição

A Prefeitura de Campos anunciou nesta segunda-feira (8) novas normas para o combate à Covid-19, em Campos. Segundo a equipe técnica, o município já registra casos da nova variante da doença e há um aumento considerável de transmissão entre jovens e crianças, incluindo bebês. Entre as novas medidas, estão a redução da capacidade de frequentadores nas igrejas e academias, além do adiamento da volta às aulas, maior fiscalização em bares, restaurantes, pontos de ônibus e punição severa aos que promoverem aglomerações.

Durante a reunião, o subsecretário municipal de Atenção Básica e Promoção da Saúde, Charbel Kury, alertou que as medidas restritivas são para evitar que aconteça uma terceira onda da Covid-19 no município, que está na fase amarela, já que houve aumento de casos nas últimas 72 horas em hospitais da rede pública e privada, e na maior parte, são jovens, que têm evoluído para uma situação mais grave. A partir desta terça-feira (9), a fiscalização será mais incisiva com relação as aglomerações, o transporte público será fiscalizado pela Vigilância Sanitária nos terminais rodoviários, multando e cassando a concessão de empresas de ônibus e vans que descumprirem as normas e provocarem aglomeração de passageiros.

As novas regras serão publicadas até esta terça-feira (9) no diário oficial do município. Somente nesse final de semana, quatro bares foram notificados, sendo um multado e seis eventos clandestinos encerrados, em Campos. O Subsecretário de Posturas, Jackson Souza, alerta para que as pessoas tenham mais consciência. “Nas abordagens estamos sendo muito hostilizados, seja por empresários e até mesmo por advogados e pessoas em geral que estão em eventos não autorizados. A falta de consciência é grande”, acrescenta.

No sábado (6), o prefeito Wladimir Garotinho chegou a alertar a população sobre a situação do município em relação ao aumento nos números de contaminados, pedindo que as pessoas respeitem as normas de segurança e de combate ao Covid 19, a fim de evitar colapso nos hospitais. “Pandemia é um pesadelo real. O Ministério da Saúde estima mais de 3 mil mortes dia no Brasil. Em Campos, o CCCC está recebendo sobrecarga em ritmo acelerado. Restrições/liberações são ajustadas semanalmente para equilibrar a saúde e economia. Faça a sua parte, não adianta reclamar depois”, alertou o prefeito.

Redação
Redação Administrator
O Milênio

Comentários