Caminhoneiro é a primeira morte por Covid-19 em São Fidélis

A vítima também trabalhava como motorista de aplicativo

Imagem meramente ilustrativa

O município de São Fidélis, na Região Norte Fluminense, confirmou a primeira morte provocada por coronavírus na cidade. A vítima é um homem de 51 anos, que trabalhava como motorista de aplicativo e dirigia caminhões.

De acordo com a Secretaria de Saúde, o paciente deu entrada no hospital Armando Vidal com sintomas leves da doença no dia 14, mas evoluiu rapidamente e precisou ser entubado. Ele não resistiu e morreu no dia seguinte. A equipe colheu material do paciente e após 10 dias, o resultado foi divulgado pelo laboratório.

O homem esteve no Rio de Janeiro recentemente, onde teria sido contaminado. Ele não tinha nenhuma comorbidade. A secretaria informou também que os parentes e pessoas que tiveram contato com a vítima, estão sendo monitorados. São Fidélis continua com uma morte sendo investigada pela doença, nove casos suspeitos e cinco casos confirmados de coronavírus.

Redação
Redação Administrator
O Milênio