Caldereiro de 37 anos morre a bordo na Bacia de Campos

Foto aérea mostra a Bacia de Campos #Pracegover

O caldereiro Patrick Carlos, de 37 anos, morreu a bordo da P-19, na Bacia de Campos, nesta terça-feira (2). A morte ocorreu após inalação de CO2 na sala do moto gerador na plataforma.

Segundo informações da Sindipetro, o óbito aconteceu após um disparo de CO2 em uma sala fechada, onde ocorria uma obra de retirada de piso gradeado. No momento, haviam dois trabalhadores no local. Infelizmente Patrick não conseguiu sair da sala com gás inerte e faleceu no local.

Patrick era casado, tinhas dois filhos e era natural de São Mateus/Espírito Santo. O Sindipetro-NF informou que lamenta imensamente a morte de mais um trabalhador no momento de seu trabalho e se solidariza com seus familiares e amigos nesse momento de dor. “Para o NF nenhum trabalhador pode sair de casa para trabalhar e não voltar” – afirma o diretor do Departamento de Saúde, Alexandre Vieira.

A comissão de investigação do acidente já está sendo montada e o diretor sindical Rafael Crespo é quem vai representar a entidade. Para quem não conhece uma plataforma, o moto gerador  é um equipamento que produz energia de emergência para garantir o funcionamento dos principais equipamentos da plataforma. Ele fica numa sala estilo casulo, para que em caso de incêndio seja debelado mais rapidamente. Será necessário investir o por que desse disparo com pessoas dentro da sala.

A luta por segurança no trabalho é uma das principais bandeiras do sindicato, e por isso é importante que os trabalhadores a bordo de P-19 relatem à sua entidade representativa qualquer fato que tenha conhecimento e possa ajudas na investigação.