25 de julho de 2024 00:39
Logo jornal O Milênio

Cadela faz plantão na porta de unidade de saúde à espera do dono internado em Campos

Uma cadela tem chamado a atenção de pacientes e funcionários do Sandu da Saldanha Marinho, em Campos. Há semanas, o animal está à espera do dono que foi atendido no local e que foi internado no Hospital Ferreira Machado. De acordo com os funcionários, o cão acredita que o dono ainda esteja no Sandu, e por isso, se rejeita a deixar o local até que o homem apareça novamente.

A equipe de reportagem do jornal O Milênio esteve no local e acompanhou a história. Segundo testemunhas, o homem deu entrada na unidade com sintomas gripais. No momento em que deu entrada no Sandu, ele estava acompanhado de uma parente e do cão, que ficou na área externa da unidade. O paciente precisou ser transferido para o Hospital Ferreira Machado, onde foi internado. Como a cadela ainda acredita que o dono esteja no Sandu, ela continua à espera. Parentes do dono estiveram no local para levar o animal para casa, mas não tiveram sucesso.

“Uma pessoa próxima do paciente veio até o Sandu para levar a cadela para a casa da família, mas ela não quis ir e resistiu. Toda hora ela olha para dentro do Sandu procurando pelo dono. Ela não viu o momento em que ele saiu para ir ao Hospital Ferreira Machado. Estamos a tratando bem enquanto ela fica em nossa unidade. A situação comoveu todos nós. Botamos potes de comida e água para que a cadelinha seja bem tratada durante o tempo em que decidir ficar aqui. Esperamos que o dono receba alta o quanto antes para que eles voltem a se reencontrar logo”, disse um funcionário.

A paciente Maria das Graças foi até o local para passar por um atendimento médico e se surpreendeu com a cena. “Fiquei feliz por saber como a cadela é fiel ao dono, mas também fico triste em saber que se trata de uma situação difícil. Ela é muito mansa e amistosa, mas é possível perceber que está preocupada e triste. A cadela até se animou quando viu os parentes do proprietário, mas não quis sair de jeito algum. Ela é muito próxima do dono e acho que só vai sair quando ele voltar para buscá-la”, explicou.

Recentemente, estudos revelaram que o cachorro é o animal que melhor entende o homem. Responder prontamente às ordens e, muitas vezes, dar carinho quando o dono aparenta estar triste são habilidades que adquiriram ao longo de anos de convivência e que justificam a fama de animais inteligentes. Um estudo realizado pela Universidade Eotvos Loránd, na Hungria, mostrou que muitas vezes o cão prefere ficar com seres humanos a interagir com outros cachorros.

A foto mostra os potes de comida e água em baixo de um banco #PraCegoVer – Foto: O Milênio
plugins premium WordPress