Brasil vence Espanha na prorrogação e conquista o ouro no futebol masculino

A foto mostra os jogadores brasileiros comemorando #Pracegover - Foto: Fernando Vergara

O Brasil é bicampeão olímpico no futebol masculino! Em partida acirrada, a seleção brasileira sub-23 levou a melhor contra a Espanha, na manhã deste sábado (7), no estádio Yokohoma, e conquistou o segundo ouro da história com vitória por 2 a 0.

Depois de Matheus Cunha abrir o placar, aos 46 minutos do primeiro tempo, a Espanha deixou tudo igual com gol de Oyarzabal, na segunda etapa da partida. A vitória foi conquistada na prorrogação, ocasião em que Malcom balançou as redes e deixou o Brasil à frente, novamente.

A vitória foi puxada para equipe brasileira que fechou o primeiro tempo com maior controle da partida.  Aos 37 minutos, pênalti frustrado impediu que a vantagem fosse ampliada ainda na primeira parte do jogo.

O árbitro Chris Beath entendeu que choque do goleiro Unai Simon com Matheus Cunha foi faltoso por não ter tido toque na bola. Assim, penalidade máxima a favor da seleção brasileira.  Mas na cobrança, Richarlison chutou com força buscando o canto esquerdo mas foi por cima do travessão.

A partida de hoje foi a quinta final disputada pelo Brasil, que agora contabiliza dois títulos olímpicos. Em 2016, nos pênaltis, brasileiros levaram a melhor contra a Alemanha, no Maracanã.

Além dos dois ouros, o Brasil totaliza três medalhas de prata, a primeira em 1984 – quando o centro-avante sul-mato-grossense Chicão esteve no time – a segunda em 1988 e, por fim, 2012. No bronze foram duas conquistas, 1996 e 2008 – com outro sul-mato-grossense, Lucas Leiva.

Redação Administrator
O Milênio

Comentários