Barreiras sanitárias têm funcionamento alterado em São Francisco

Foto: ASCOM

As barreiras sanitárias de São Francisco de Itabapoana (SFI), que ficam em Barra do Itabapoana e Imburi, terão o funcionamento alterado a partir desta sexta-feira (10). Os bloqueios vão acontecer das 17 horas de sexta-feira até ás 17 horas de domingo.

A fiscalização ocorrerá sob a coordenação da Empresa Municipal de Trânsito (Emtransfi) e Guarda Civil Municipal (GCM), e contará com o apoio da Secretaria Municipal de Saúde, Polícia Militar, Polícia Civil, Departamento de Postura e demais órgãos do poder público municipal.

A medida foi publicada no Diário Oficial desta quinta-feira (9). A entrada no município ocorrerá mediante apresentação de algum dos seguintes documentos: titulo de Eleitor acompanhado de Documento de Identidade Oficial com foto, com vinculação à 130ª Zona Eleitoral; Cartão Nacional de Saúde do município acompanhado de Documento de Identidade Oficial com foto; título público de propriedade de imóvel situado no município em nome do próprio, lançamento de Tarifa de Energia de imóvel situado no município em nome do próprio; documento que identifique o vínculo familiar em primeiro ou segundo grau com o proprietário do imóvel situado no município.

Após o decreto fica definido também que pessoas que não sejam moradas do município, poderão ter o acesso liberado mediante os seguintes documentos: declaração de Trabalho emitida pelo empregador nos últimos 30 dias, acompanhada de documento de identidade oficial com foto; contracheque, no caso de servidor público; documento de identidade profissional, no caso de profissional da área de Saúde, do Direito, da Segurança Pública, da Assistência Social e das demais atividades essenciais; documento fiscal, quando se trata de serviço de entrega de produtos/mercadorias de qualquer natureza; documento autorizativo do exercício da referida atividade, no caso pessoa que comprovar trabalhar no serviço de transporte de passageiros.

A publicação determina também que está proibida a entrada de trabalhadores de outras localidades para se alojar durante a safra no município, salvo apresentação de exame que comprove a inexistência de contaminação do trabalhador pela Covid-19, ou a presença do anticorpos em seu organismo. Estão mantidas a proibição do uso do passe livre de estudantes e a limitação a 50% da capacidade de lotação dos veículos de transporte público de passageiros e, quando possível, com janelas destravadas e abertas de modo que haja plena circulação de ar.

Redação
Redação Administrator
O Milênio

Comentários