25 de julho de 2024 00:13
Logo jornal O Milênio

Atualização: CCZ, em Campos, realiza mutirão de combate ao mosquito da dengue, zica e chikungunya

Um mutirão de combate ao mosquito aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya, acontece nesta quinta-feira (10), até às 17 horas, no Parque Nova Brasília. Sessenta agentes de endemia do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) se dividiram em vários grupos, a fim de visitar casas e comércios no bairro.

A ação contou ainda com participação de uma motofog (moto fumacê) para locais de difícil acesso. O diretor do CCZ, Carlos Morales, explica que a intenção é fazer esse movimento uma vez por semana. 

“O bairro é escolhido de acordo com o índice do Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa), que mede o índice de infestação do mosquito. Em Nova Brasília foi registrado 2,94%, índice considerado alto. No município o índice é de 5%, número que, segundo a Organização Mundial de Saúde, deve ser inferior a 1%. É bom deixar claro que essa ação acontece em paralelo às ações cotidianas de combate ao mosquito nos demais bairros”.

O comerciante Edilson Siqueira de Souza recebeu orientação dos agentes, para manter seu estabelecimento livre do mosquito. “Sempre temos a visita do CCZ aqui. É importante para evitar a proliferação do mosquito”.

Apaixonada por plantas, a dona de casa Maria Goreti Coelho toma os cuidados necessários para não deixar água empossada. Na visita dos agentes, nenhum foco foi encontrado. “Amo as plantas, tenho muitas, mas não tenho prato nos vasos. Tomo muitos cuidados pois a minha mãe de 83 anos, já teve dengue 3 vezes e está acamada”.

Além de casas e comércios, os agentes também visitaram terrenos baldios, para recolhimentos de inservíveis, como pneus e descartáveis que servem de reservatório para a larva do Aedes. A ação acontece até às 17 horas.

plugins premium WordPress