Asilos de Campos seguem sem casos de Covid-19

As visitas aos idosos seguem suspensas para evitar que a doença chegue nas unidades

O Asilo do Carmo redobrou os cuidados para evitar a propagação da Covid-19 - Foto: Arquivo/O Milênio

Com a chegada da pandemia do coronavírus, os cuidados da população mundial foram redobrados para evitar a propagação da Covid-19. Como os idosos são ainda mais vulneráveis, há uma grande preocupação com os abrigos de pessoas que têm acima de 60 anos. Em Campos, o Asilo do Carmo e o Monsenhor Severino seguem sem registros de casos de Covid-19.

Neste momento de isolamento social, as visitas estão suspensas e essa restrição trouxe problemas psicológicos para os idosos que se sentem carentes, mas as unidades têm feito um trabalho especial de conscientização social para não deixar que os abrigados fiquem abalados e para que eles possam entender a situação.

Em contato com a equipe de reportagem do jornal O Milênio, as duas instituições informaram que permanecem abertas para receberem doações de materiais já que as unidades dependem das ações sociais para garantir o bom funcionamento. Os dois abrigos precisam de materiais de higiene pessoal e alimentos.

Até a manhã desta quarta-feira (12), Campos havia a confirmação de 3.411 casos de Covid-19 e 236 mortes provocadas pela doença.

Redação
Redação Administrator
O Milênio