Após vitória na Justiça, Americano fará semifinal com o Audax

A foto mostra um jogador do Americano com a bola no jogo contra o América em 2021 #Pracegover - Foto: FFERJ

Depois de perder na primeira instância, o Americano obteve uma vitória judicial nesta quinta-feira (8) no Pleno do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Rio de Janeiro (TJD-RJ). O Friburguense foi punido e perdeu seis pontos pela escalação irregular do atacante João Manoel. A decisão foi revertida, em julgamento que favoreceu os campistas, por cinco votos a um. Assim, o Americano entra na semifinal da Taça Santos Dumont, o primeiro turno da Série A2 do Campeonato Carioca, como segundo colocado do Grupo A, substituindo o próprio Friburguense. Apenas os dois primeiros na tabela de classificação avançam para a próxima fase. Ainda cabe recurso ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

A polêmica foi gerada após o nome de João Manoel não constar no Boletim Informativo de Registro de Atletas (BIRA) no decorrer da Série A2. A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FFERJ) assumiu o erro por não ter colocado o contrato do atleta no sistema, mas o erro de direito abriu ao Americano a possibilidade de entrar na Justiça para requerer a vaga. Na primeira instância, os auditores entenderam que o resultado de campo deveria ser respeitado e o Friburguense, beneficiado com a classificação mantida. Após o recurso, no entanto, o Alvinegro – que havia terminado o campeonato na terceira colocação – conseguiu a reviravolta e subiu de posição.

Agora, caso o Friburguense queira ir ao STJD, a tendência é que a Série A2 permaneça em compasso de espera, como nas últimas duas semanas. A FFERJ já marcou a semifinal entre Audax e Americano para o domingo (11), às 15h, em Resende, mas ela pode ser suspensa se o processo for levado à instância superior. Na outra semifinal, o Artsul venceu o Maricá por 1 a 0 e se classificou para a decisão, aguardando os vencedores no campo e nos tribunais.

Redação Administrator
O Milênio

Comentários