Após suposta traição, homem tortura companheira em Itaperuna e é preso

A mulher conseguiu fugir após ficar cinco dias presa dentro de uma casa

A ocorrência é investigada na 143ª Delegacia de Polícia (Itaperuna) - Foto: Divulgação

Um homem foi preso neste final de semana após torturar a companheira e mantê-la em cárcere privado por cinco dias, no município de Itaperuna, no Noroeste Fluminense. De acordo com a Polícia Civil, a motivação da tortura foi uma suposta traição.

Ainda segundo a polícia, o criminoso queria que ela confessasse que o traiu com outra pessoa, mas como a companheira negava, ele manteve ela presa. Durante o tempo em que ficou presa dentro de uma casa, a vítima foi agredida fisicamente, ameaçada e ofendida. Ela conseguiu fugir e foi até a delegacia para denunciar o companheiro.

Os policiais foram até a casa e prenderam o homem, que também agrediu o sobrinho da vítima após o jovem ter tentado ajudar a tia. O autor do crime foi levado para a 143ª Delegacia de Polícia (Itaperuna), onde a ocorrência foi registrada.

Redação Administrator
O Milênio

Comentários