Após saída do coronel Fabiano, bombeira se torna vice na chapa de Caio Vianna

Gilmara Gomes substitui o coronel Fabiano que desistiu de participar das eleições deste ano

Foto: Ascom Caio Vianna

Caio Vianna, candidato do PDT à prefeitura de Campos, conta com um novo nome figurando como vice na chapa: a sargento do Corpo de Bombeiros Militar do Rio de Janeiro, Gilmara Gomes, que substitui o tenente coronel da Polícia Militar Fabiano Souza.

O deputado federal Felipe Laterça (PSL-RJ) explicou que Fabiano optou por seguir na carreira militar e deixar para o futuro o projeto político. “Tivemos a felicidade de encontrar entre nós uma mulher com o perfil de Gilmara, que tem a cara do PSL e alta qualificação”, afirmou o deputado.

“Minha expectativa é de ser um instrumento para mudanças. Trazer mais efetividade aos projetos para a população. O eleitor está cansado e decepcionado com a política e eu acredito que as pessoas se enxergam em mim por eu pensar da mesma forma e por eu ter vindo de uma origem humilde e vencido”, declarou Gilmara. 

Caio também festejou a indicação do PSL de uma mulher para ser sua vice na chapa. “Gilmara é uma mulher que tem raízes na ética, comprometimento com a saúde das pessoas. Especialmente em uma cidade onde a maioria da população é composta por mulheres, esse é um grande momento. A Gilmara representa o empoderamento de todas essas mulheres, valoriza a chapa e, ativa e comprometida como é, vai ser um reforço importante à nossa gestão”, declarou. 

Quem é a sargento Gilmara

Gilmara Gomes nasceu em Campos, em 15/12/1975. É 2º sargento combatente do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ), formada em odontologia pela Faculdade de Odontologia de Campos e pós-graduada em Saúde Pública, com ênfase em Saúde da Família e Comunidade. Também é mãe de dois filhos, esposa e dona de casa. 

Aos 45 anos, orgulha-se de ter conquistado com esforço pessoal o que conseguiu. De origem humilde, foi criada pelos tios. Fez faculdade com financiamento de crédito educativo e ingressou por concurso público nas fileiras do CBMERJ em 2000, como soldado.

Redação
Redação Administrator
O Milênio