Após mais de 90 dias, vereadora Linda Mara se entrega na Polícia Federal de Campos

Ela foi condenada a cinco anos e quatro meses de prisão no regime semiaberto por participação no um esquema de troca de votos

Após mais de 90 dias como foragida da Justiça, a vereadora afastada Linda Mara (PTC) se entregou neste domingo (12) na sede da Polícia Federal, no Centro de Campos. Ela foi condenada a cinco anos e quatro meses de prisão no regime semiaberto por participação no um esquema de troca de votos por Cheque Cidadão na última eleição municipal.

Os mandados de prisão para Linda Mara, Thiago Virgílio (PTC) e Kellinho (Pros), que também estão envolvidos na mesma investigação, foram expedidos no dia 8 de outubro. Thiago e Kellinho foram presos dias após as ordens de prisão, mas Linda Mara decidiu não se apresentar para a polícia, na época.

No momento em que se entregou, a vereadora estava acompanhada de advogados. Em 2016, Linda Mara também foi presa em Copacabana, Zona Sul do Rio de Janeiro, também por envolvimento no caso “Chequinho”, mas foi solta pouco depois.

Redação
Redação Administrator
O Milênio