Após fim de relacionamento, homem ameaça se matar e é impedido por PMs em Campos

O homem de 40 anos é pai de quatro filhas e ficou desestabilizado emocionalmente após ser deixado pela esposa

Foto: Divulgação

Um homem de 40 anos que ameaçava pular da ponte Leonel Brizola, em Campos, no final da tarde dessa terça-feira (1º), foi impedido por policiais militares que o convenceram a não tirar a própria vida. Ele estava desestabilizado emocionalmente após o fim do relacionamento com a esposa.

O rapaz, que é pai de quatro filhas, parou o carro em cima da ponte e encostou na mureta para pular. Outros motoristas acionaram a Polícia Militar. Os policiais estiveram no local, fizeram argumentos para que o homem pudesse repensar e para que agisse de outra forma para conseguir recuperar a felicidade. Ele desistiu do suicídio e passa bem.

O caso aconteceu no primeiro dia da campanha do Setembro Amarelo, que tem o objetivo de conscientizar sobre a prevenção do suicídio, buscando alertar a população a respeito da realidade da prática no Brasil e no mundo.

*Nota do editor: O jornal O Milênio realizou uma reportagem com uma psicóloga sobre a campanha do Setembro Amarelo que pode ajudar as pessoas a conseguirem descobrir se algum parente ou amigo pretende tirar a própria vida. Veja a matéria aqui.

Redação
Redação Administrator
O Milênio