Após desistência do coordenador, diretor do Ferreira Machado também entrega o cargo

As duas exonerações aconteceram nesta quarta-feira (21).

O diretor Pedro Ernesto deixou o cargo horas depois do coordenador - Foto: Divulgação
Texto escrito pelo coordenador para justificar a exoneração – Foto: Divulgação

Esta quarta-feira (21) foi movimentada no Hospital Ferreira Machado (HFM), em Campos. Durante a tarde, o coordenador Rodrigo Venâncio pediu demissão, e no início da noite, o diretor Pedro Ernesto Simão também entregou o cargo.

O coordenador escreveu uma carta para a direção da unidade e reclamou da falta de condições de trabalho e questionou sobre alguns materiais que não foram entregues. Ao ser informado sobre a desistência do colega, Pedro Ernesto também pediu exoneração e afirmou que se afasta por “motivos pessoais”.

O HFM é a unidade de referência em atendimento emergenciais. O hospital passa por um momento delicado por causa da crise financeira que o município atravessa. Pacientes relatam que faltam medicamentos importantes na unidade.

Em nota, a Fundação Municipal de Saúde informou que realizou reuniões para tratar de questões internas do Hospital Ferreira Machado e disse também que qualquer movimentação interna não afetará o atendimento à população.

Redação
Redação Administrator
O Milênio