Após corte de recursos, postos dos Correios podem suspender atividades em Campos

Foto: Divulgação

Os Correios anunciaram o corte dos recursos responsáveis pelo funcionamento das 21 unidades das Agências Comunitárias dos Correios (AGCs) espalhadas em 4.000 km² entre bairros e distritos de Campos. Com isso, há possibilidades de os postos suspenderem as atividades.

O documento estabelece as diretrizes para metas de universalização postal, onde só os Correios e Telégrafos poderão ter o contrato renovado mediante assinatura de acordo de cooperação técnica. Atualmente, as unidades são em Baixa Grande, Beira do Taí, Campo Limpo, Conselheiro Josino, Dores de Macabu, Farol de São Tomé, Ibitioca, Lagoa de Cima, Marrecas, Morangaba, Morro do Coco, Murundu, Mussurepe, Ponta da Lama, Santa Maria, São Martinho, São Sebastião, Saturnino Braga, Serrinha, Tocos e Vila Nova.

A Prefeitura de Campos informou que está estudando uma maneira de manter as agências para continuar atendendo a população que mora mais distante do Centro.

Redação
Redação Administrator
O Milênio