Após cinco dias, criança que foi arrastada pelo mar segue desaparecida na Região dos Lagos

Pietro Pissuti Medeiros, de 5 anos, estava em uma pedra na beira do mar quando foi surpreendido por uma onda alta e forte que o arrastou.

Foto: Arquivo pessoal

Nesta quinta-feira (25), se completaram cinco dias de buscas pelo pequeno Pietro Pissuti Medeiros, de 5 anos, que desapareceu ao ser arrastado pelo mar em Saquarema, na Região dos Lagos. Até o momento, o garoto segue desaparecido.

A vítima estava com parentes em uma pedra na beira do mar no último final de semana, mas acabou sendo surpreendida por uma onda alta que levou o menino. Os familiares entraram na água para ajudá-lo, mas não conseguiram retirar a criança. Cerca de 10 agentes do Corpo de Bombeiros e uma equipe de mergulhadores do quartel da capital do Estado participam das buscas.

Como o mar estava agitado, as equipes não puderam mergulhar na água, o que atrapalhou o trabalho de procura por Pietro. O garoto e a família são de Magé, mas passavam as férias na Região dos Lagos.

Redação
Redação Administrator
O Milênio