Álcool em gel x acessórios: saiba como higienizar as peças na pandemia!

O álcool em gel é um item fundamental durante a pandemia da covid-19. O produto é um aliado importante na prevenção da doença e indicado para a higienização das mãos. Mas e como ficam os anéis, pulseiras e relógios? Os acessórios precisam ser higienizados corretamente para que não sofram danos com o acúmulo de resíduos, perda de brilho ou queima do banho.

A empresária Daniela Mumbach, que é fundadora de uma joalheria, ensina como limpar as peças. “É verdade que o álcool em gel pode danificar as semijoias, mas ninguém precisa abrir mão do seu uso e nem deve. Para não estragar, tire os anéis, passe o álcool em gel, espere secar e coloque-os novamente”, explica Daniela.

De acordo com a especialista, para aumentar a durabilidade e manter as peças sempre limpas, o primeiro passo é mergulhá-las em um pote com água morna.

Feito isso, a pessoa deve colocar os acessórios em um outro pote com água morna e detergente neutro. O próximo passo é esfregar cuidadosamente com uma escova macia, principalmente as partes lisas: zirconias, cristais cravejados e correntarias.

Daniela explica que a pessoa deve deixar as peças de molho, no máximo, por 40 segundos, mas alerta que este processo não deve ser feito em pedras naturais, pois pode causar danos para as peças.

O próximo passo é enxaguar as peças em água abundante e retirar todo o detergente. Por fim, remova o excesso com papel toalha e finalize a limpeza com o secador de cabelos para eliminar a umidade. Desta forma, as peças serão higienizadas com segurança.

Comentários