Adolescente foi morta pela mãe após reclamar sobre uso de drogas, diz polícia

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Durante uma entrevista coletiva realizada na tarde desta sexta-feira (5) na sede da Região Integrada de Segurança Pública (Risp), em Campos, o delegado titular da Delegacia de Guarus, Pedro Emílio Braga, apresentou novas informações sobre o assassinato da adolescente Jéssica Cardoso de Freitas, de 13 anos. Segundo o delegado, ela foi morta pela própria mãe e o motivo seria o fato da menina questionar constantemente o vício da mãe em drogas e bebidas alcoólicas.

Delegado explica a motivação do crime para a imprensa – Foto: O Milênio

O crime aconteceu no final de maio, no distrito de Travessão, em Campos. Após ter saído da igreja, Jéssica foi até a casa em que mora, e pouco depois, a mãe dela também chegou na residência. A garota reclamou sobre o fato da mãe estar fora de si por causa do vício, e em um momento de fúria, a criminosa teria esfaqueado a filha.

A suspeita foi presa nesta sexta-feira após dar diferentes depoimentos sobre a morte da filha. De acordo com o delegado, a mulher teria cometido o crime enquanto estava alterada por causa do efeito dos entorpecentes e da bebida. Ela teria saído de casa para despistar a polícia e ainda chegou a apontar vários possíveis suspeitos.

Ainda de acordo com o delegado, parentes da mãe da menina contaram que ela já apresentava comportamentos de uma pessoa desequilibrada. Contra a mulher detida, havia um mandado de prisão em aberto por uma possível participação na morte da garota. Na última terça-feira (2), a polícia fez uma reconstituição do caso para para elucidar o assassinato.

A Polícia Civil informou ainda que um dos filhos dela teria sido orientado a mentir, pois ele assim como a mae, entrou em contradição várias vezes. A mulher foi encaminhada para o Presídio Feminino Nilza da Silva Santos, em Campos.

Veja o vídeo abaixo que mostra o delegado falando sobre o caso!

Redação
Redação Administrator
O Milênio