Vereadores de Campos pedem afastamento do presidente do IMTT

Os políticos fizeram denúncias no Ministério Público e enviaram um pedido oficializado para a Prefeitura de Campos.

Foto: Arquivo
Cabo Alonsimar se pronunciou sobre o assunto em uma rede social – Foto: Reprodução/Facebook

Incomodados com a conduta do processo de licitação do transporte alternativo e de outros assuntos referentes ao transporte público de Campos, vereadores da cidade pedem o afastamento do presidente do Instituto Municipal de Trânsito e Transporte (IMTT), Felipe Quintanilha. De acordo com os políticos, Quintanilha beneficiou parentes diretos e prejudicou outros motoristas de vans.

Por meio de uma rede social, o vereador Cabo Alonsimar comentou o pedido de afastamento do presidente do IMTT. “Protocolamos na Prefeitura Municipal, com cópia para o Ministério Público Estadual, ofício que pede o afastamento imediato do presidente do IMTT, senhor José Felipe Quintanilha França, com base no depoimento prestado ao MP, que confirma atos que não condizem com a função pública e no caso da Licitação das Vans que logrou a participação de parentes diretos que foram beneficiados por esta autarquia onde afrontou o princípio da igualdade, competitividade, moralidade e impessoalidade no processo, benefício de informações e pela falta de transparência, trazendo transtorno na vida de todos os trabalhadores”, escreveu. Ele tem apoio de outros três vereadores que também pedem investigação no caso.

De acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura de Campos, “todas as demandas judiciais sobre o assunto tiveram os pedidos liminares negados e todas as informações já foram prestadas ao Ministério Público (MP), que acompanhou todo o processo licitatório”. Os vereadores pretendem dar prosseguimento nas denúncias.