Servidora municipal morre vítima de H1N1 em Rio das Ostras

Essa é a primeira morte de H1N1 no estado do Rio de Janeiro, no ano de 2019.

Foto: Arquivo pessoal

Foi confirmada na tarde desta terça-feira (7) que a morte da servidora municipal Mara Ferreira Martins foi causada pela gripe H1N1. A informação foi confirmada pela prefeitura da cidade, e a morte aconteceu nessa segunda-feira (6).

Essa é a primeira morte de H1N1 no estado do Rio de Janeiro, no ano de 2019. Mara trabalhava na área da educação municipal. Ela estava internada em uma clínica em que foi colhida uma amostra de sangue que confirmou que ela estava infectada com o vírus.

A prefeitura informou que a Secretaria Estadual de Saúde deve ser informada sobre o caso pela clínica, para que seja feito uma análise a respeito da situação. O poder municipal disse ainda que não há nenhuma outra notificação de suspeita da doença na cidade.

Como identificar o H1N1

O H1N1 tem como sintomas febre alta e súbita, tosse, falta de ar, cansaço excessivo, dor de garganta, dor no corpo e nas articulações, além de dor de cabeça.

Se uma pessoa achar que está com esses sintomas, deve procurar uma clínica médica com o máximo de urgência.