Quinto suspeito de matar vigilante e neto é preso em Campos

Segundo a Polícia Civil, ainda há um suspeito foragido.

As vítimas (foto) foram mortas com vários tiros - Foto: Arquivo

Mais um suspeito de participar dos assassinatos do vigilante Elcilenio Pinheiro da Fonte, de 38 anos, e do neto dele, Luis Gabriel da Fonte, de 5, foi preso em Campos na manhã desta terça-feira (12). Ao todo, já são cinco presos e ainda tem um foragido.

Eucilenio e Luis Gabriel foram mortos a tiros na madrugada da última quinta-feira (7) dentro de uma casa. Os autores do crime estavam encapuzados, mas foram identificados no decorrer das investigações. De acordo com a Polícia Civil, seis pessoas estão envolvidas no assassinato, e as buscas seguem sendo realizadas para encontrar o sexto criminoso.

Segundo a polícia, os assassinatos do avô e do neto seriam uma retaliação de um assassinato em Pernambuca. Os corpos deles foram enterrados em um cemitério da cidade, no mesmo dia das mortes.

Os presos foram levados para a 146ª Delegacia de Polícia (Guarus) e encaminhados para o Presídio Carlos Tinoco da Fonseca.