Morre dono de antigo comércio da Pelinca, em Campos

Há mais de 20 anos, o comerciante administrava o Minimercado Telmo

Foto: Folha 1/Verônica Nascimento

Morreu nesta segunda-feira (2) o comerciante campista Telmo Barcelos Soriano Nunes, aos 60 anos. Há mais de 20 anos, ele administrava o Minimercado Telmo, um conhecido estabelecimento comercial da Pelinca, em Campos.

Telmo foi diagnosticado com pancreatite aguda. Ele foi levado para um hospital particular, mas não resistiu. O estabelecimento não foi aberto na manhã desta segunda-feira, mas funcionará normalmente nesta terça-feira (3). Amigos e fregueses se encontraram na frente do comércio para lamentar a morte e passar força para os familiares.

Na porta do comércio, estava um papel informando o falecimento do proprietário do local. O corpo foi velado em uma igreja do Caju e será enterrado nesta terça-feira (3) em um cemitério do mesmo bairro.