Jovem que sofreu acidente após entrevista de emprego precisa de doações de sangue no HFM

A vítima estava em um carro que colidiu com um ônibus, na BR-101, em Campos.

Foto: Arquivo pessoal

Parentes e amigos do jovem Jhonata Miranda Correia, de 22 anos, fazem campanhas nas redes sociais em busca de voluntários que possam doar qualquer tipo de sangue para o rapaz. Ele está internado no Hospital Ferreira Machado (HFM) após ter sofrido um grave acidente no último dia 7, no km 72 da BR-101, no bairro da Tapera, em Campos.

Campanha feita nas redes sociais – Foto: Divulgação

Jhonata retornava de uma entrevista de emprego realizada em Macaé e seguia para a cidade de São Fidélis, onde mora. Ele estava em um carro que colidiu com um ônibus. A vítima sofreu ferimentos graves e foi socorrido às pressas e levado para o HFM, onde passou por cirurgia e está em estado grave. O homem ainda chegou a ficar preso nas ferragens do veículo em que estava. Ele só foi retirado do automóvel, com ajuda das equipes de resgate.

Outras três pessoas que estavam com Jhonata no carro, também ficaram feridas: uma ainda se recupera no hospital, mas as outras passam bem. No ônibus, ninguém ficou ferido.

Como doar sangue?

O Hemocentro de Campos, localizado no Hospital Ferreira Machado, funciona diariamente, das 7 às 18h, inclusive aos sábados, domingos e feriados. Para doar é preciso levar um documento original de identidade com foto, ter peso superior a 50 Kg, idade entre 16 e 67 anos, não estar em jejum e não ter ingerido alimentos gordurosos nas últimas três horas.
Doadores com 16 e 17 anos devem preencher formulário próprio fornecido pelo Hemocentro Regional de Campos, com o consentimento formal do responsável legal para cada doação, e com cópia da identidade oficial do responsável anexada. Candidatos com idade superior a 60 anos só poderão doar se realizaram doações de sangue anteriormente.