Força da torcida do Goytacaz contribuiu para o novo treinador aceitar o convite do clube

João Carlos Ângelo já passou pelo Americano, maior rival do Goytacaz.

Foto: Arquivo

A força da torcida do Goytacaz pesou para a chegada de João Carlos Ângelo no comando da equipe da Rua do Gás. O treinador confessou que uma das vantagens que ele viu no convite para ser técnico, foi a torcida do alvianil. Ex-técnico do Americano, João assumiu o comando da equipe, ao lado do preparador de goleiros José Bastos e do preparador físico Dimas Viana.

– O convite do Marcelo Santiago (vice-presidente de futebol) atraiu a mim e a comissão técnica por dois fatores. Primeiro, por sabermos onde podemos chegar com essa torcida jogando junto. Depois porque nos foi apresentado um projeto ambicioso, com objetivos altos. Então, compramos a ideia, aceitamos esse desafio e estamos focados em vencer com o Goytacaz e colocar esse clube no nível que merece – disse o treinador.

João Carlos passou por alguns clubes brasileiros, como América (PE), América (RJ) Americano e Portuguesa (RJ). O comandante do Goyta nessa temporada conta como está sendo montado o grupo para a disputa da Série B1 e destacou pontos essenciais no trabalho, como confiança e comprometimento:

– A base para essa montagem começa pela confiança, passando inclusive pela comissão técnica, e se estende ao comprometimento. Buscamos sempre jogadores que confiem e acreditem no nosso plano de temporada e que pensam em crescer, em vencer, para que assim possamos chegar longe e marcar uma história – frisou.

Já acertado como reforço, o atacante Philip reencontrará João Carlos para o quinto trabalho junto, assim como o volante Flávio, pela segunda oportunidade.

O elenco segue se reforçando durante a preparação visando à estreia na competição, dia 25 de maio, contra o Sampaio Corrêa, fora de casa.

Fonte: Ascom Goytacaz