Estudantes da Uenf protestam contra possível contingenciamento de verbas

Foto: Divulgação

Insatisfeitos com o possível contingenciamento de verbas nas universidades e nos institutos federais, servidores da área da educação paralisaram as atividades nesta quinta-feira (15) em algumas regiões do país. Em Campos, alunos da Universidade Estadual Darcy Ribeiro (Uenf), fizeram um protesto na frente da universidade, no Parque Califórnia, para mostrar indignação com o problema.

Os estudantes levaram cartazes em repúdio à decisão do Ministério da Educação (MEC) e ao governo do presidente Jair Bolsonaro. Eles atearam fogo em pneus e bloquearam parte da pista. O trânsito na Avenida Alberto Lamego, em sentido ao Centro, foi fechado. O governo estuda cortar 30% das verbas que são destinadas as universidades e institutos federais.

Além da Uenf, a Universidade Federal Fluminense (UFF), o Instituto Federal Fluminense, as escolas técnicas da Faetec e outras instituições também apoiam a ação. Nessa terça-feira (14), representantes dessas instituições fizeram uma manifestação pacífica na Praça São Salvador para mostrar a importância das instituições de ensino. No local, foram apresentados projetos de produção de conhecimento que foram desenvolvidos nas escolas, além de outros tipos de atividades.