Campos é declarado “Município de Interesse Turístico”

O texto da declaração foi publicado no Diário Oficial do Estado

Foto: Danilo Alves

Maior município em extensão territorial do estado do Rio de Janeiro e com inúmeras belezas naturais, Campos dos Goytacazes se tornou “Município de Interesse Turístico”. A lei sancionada pelo governador Wilson Witzel foi publicada na edição do Diário Oficial do Estado.

— Este é mais um passo importante para o fortalecimento do turismo de Campos como viés econômico, preparando o Município para além dos royalties. Campos tem grande potencial que por anos foi deixado de lado. Desde o primeiro ano de governo, a nossa gestão se articula para esta consolidação. Em 2017, Campos voltou a fazer parte do Mapa do Turismo Brasileiro, quando o último registro havia sido em 2013 — frisou o prefeito Rafael Diniz.

O Diretor de Turismo da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Hans Muylaert, destaca que, para receber esta classificação, os municípios precisam preencher alguns critérios como potencial turístico, possuir Conselho Municipal de Turismo, serviço médico emergencial, infraestrutura básica, Plano Diretor de turismo e expressivos atrativos turísticos.

— Nossa função é promover o turismo como atividade econômica de forma estratégica, contribuindo para a geração de emprego, renda e desenvolvimento em todo o Município e região — definiu Hans Muylaert.

Ainda de acordo com a publicação, são condições indispensáveis e cumulativas para a classificação de Município como Estância Turística, ser destino turístico consolidado, determinante de um turismo efetivo gerador de deslocamentos e estadas de fluxo permanente de visitantes, bem como possuir expressivos atrativos turísticos de uso público e caráter permanente, naturais, culturais ou artificiais, que identifiquem a sua vocação voltada para algum ou alguns destes segmentos: Turismo Social, Ecoturismo, Turismo Cultural, Turismo Religioso, Turismo de Estudos e de Intercâmbio, Turismo de Esportes, Turismo de Pesca, Turismo Náutico, Turismo de Aventura, Turismo de Sol e Praia, Turismo de Nego?cios e Eventos, Turismo Rural e Turismo de Saúde.

Hans Muylaert destacou ainda que a implantação da sinalização turística, realizada em maio deste ano, foi um dos pontos fortes para a conquista.

— Destinar recursos para potencializar o turismo, significa aumentar o fluxo de pessoas na cidade para permitir a geração de empregos e de renda. A implantação da sinalização turística contou com indicativos de acesso para pontos de interesse do município, como atrativos naturais e igrejas, capelas e paróquias antigas — concluiu.